Especialista ensina rotina de atividades para se fazer em casa e garantir saúde e disposição

Segundo especialista, mesmo em isolamento doméstico, os idosos precisam se manter ativos para garantir longevidade com saúde, algo essencial para manter disposição e independência

A chegada dos 60 anos marca inúmeras transformações no corpo. De acordo com a treinadora especializada na terceira idade, Daniela Fernandes, conhecida como Danny Fit e criadora do programa 60+ Fit Todo Dia, da Queima Diária – maior plataforma online de exercícios físicos da América Latina –  além das mudanças hormonais, iniciadas aos 40 especialmente nas mulheres, um efeito comum enfrentado nessa faixa etária é a sarcopenia – diminuição da massa muscular. ‘A perda de massa óssea pode levar ainda a osteoporose. As pessoas com essa idade começam também a perder mobilidade, força muscular, consciência corporal, e tendem a ficar mais dependentes’, explica a profissional. Mas, a boa notícia é: há como minimizar os efeitos!

Segundo Danny Fit, o principal caminho para prevenir, estagnar e até reverter doenças e incapacidades dessa fase da vida é a prática de atividade física. Reservar 15 minutos por dia já é suficiente!

‘Nosso corpo não foi criado para ficar parado. O sedentarismo traz inúmeros malefícios e com a idade isso fica pior. Há diversos estudos que comprovam que um idoso sedentário acaba ficando mais exposto a problemas. Se ele leva um tombo, por exemplo, pode ter consequências sérias devido à falta de musculatura e franqueza dos ossos.  Quem mantem estilo de vida ativo, além de ter um corpo mais resistente, tem a imunidade melhor, com uma capacidade de recuperação muito mais rápida diante de qualquer problema’, explica a treinadora.

Na busca por uma vida mais ativa, Danny indica descomplicar usando itens domésticos simples do dia a dia como aliados nos exercícios. Confira 5 indicados pela treinadora:

Fortaleça a lombar com papel higiênico

Exercício 1: Pegue o rolo do papel e se deite de barriga para baixo. Segurando o rolo nas mãos, estenda os braços e leve o rolo para suas costas, fazendo movimento pela lateral, para frente e para trás. Faça 15 vezes, e repita a sequência mais duas vezes.

 

Tenha joelhos e pernas fortes com a cadeira

Exercício 2: Mantenha os pés afastados na largura do quadril, sente e levante da cadeira concentrando a força do corpo no calcanhar, como se estivesse empurrando o chão na hora de subir. Você pode optar por só encostar o bumbum no banco, ou se sentar com a coluna no encosto da cadeira. Respire por 10 segundos e vá para o próximo movimento.

 

Exercício 3:  Ainda sentada, encoste os joelhos um no outro e levante uma das pernas. Dobre e estenda o joelho, mantendo a coluna reta no encosto da cadeira. Faça 30 segundos de cada lado.

 

Melhore a postura com ajuda de uma toalha

Exercício 4: Sente-se confortavelmente em uma cadeira onde os pés fiquem totalmente apoiados no chão. Faça um ‘rolinho’ com a toalha e segure as duas pontas, como se estivesse puxando a toalha o tempo todo.  Leve a toalha para a nuca e depois para frente na direção do queixo. Esse movimento trabalha toda a musculatura dos membros superiores (costas, ombros e peitoral) para fortalecer a região e proporcionar uma postura mais alinhada não só durante os exercícios, mas ao longo do dia.  Repita por 30 segundos.

 

Exercício 5: Ainda sentada e com a tolha esticada, encoste a ponta da toalha no pé, alternando as pernas. Se o nível estiver muito difícil, leve a ponta da toalha onde conseguir, como no calcanhar ou no joelho, por exemplo.

 

 

Fonte: Daniela Fernandes – a Danny Fit, treinadora especializada na terceira idade  | Jenny Carmona, BCBIZ

 

(JA, Nov20)

 

_______________________