Eduardo Heering
Do BOL, em São Paulo

São Paulo elegeu nesta quinta-feira (10) a mais bela idosa da cidade. Neide Vieira Lapastina, de 68 anos, desbancou outras 24 finalistas e ficou com o título de mulher mais bonita acima de 60 anos.

Casada, com dois filhos e três netos, Neide é atleta amadora. Pratica ginástica, hidroginástica e alongamento. Sua maior realização foi ter sido avó. “Estou me sentindo muito leve. Fiquei tão nervosa quando entrei para desfilar, que eu tentava mas mal conseguia sorrir para os jurados”, disse Neide pouco depois de receber a faixa de Miss Terceira Idade.
Para ela, eventos como este são muito importantes para elevar a autoestima da terceira idade. “Isso mostra que nós idosos ainda temos muita vida pela frente, que não podemos ficar parados. Fiquei muito feliz com a vitória, mas todas que participaram estão de parabéns por representarem as mulheres”, conta a vencedora.
O concurso, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde em homenagem ao Dia das Mães, contou com moradoras da capital paulista com idades entre 60 e 86 anos. Elas desfilaram para os jurados no Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia (IPGG).
“Concursos como este são muito importantes para aumentar a autoestima das idosas, além de fazer com que elas se divirtam e interajam com outras pessoas”, afirma o diretor de convivência do IPGG, Nilton Guedes.

“Coroaram a coroa”, brinca a idosa eleita mais bela de SP