Implantes dentários oferecem melhor custo benefício aos pacientes, além de segurança e qualidade de vida a longo prazo.

O uso de dentadura é comumente indicado para pessoas com perda total ou parcial dos dentes e é um procedimento muito popular no Brasil. Em um País que, segundo o IBGE, possui mais de 22 milhões de habitantes com perda total dos dentes, o uso da prótese é frequente por boa parte da população. Mas diante de tantas tecnologias no segmento odontológico, será que esse ainda é a melhor alternativa?

Para o Dr. Sidnei Goldmann, profissional com mais de 20 anos de carreira, graduado em estética bucal e especialista em implantes dentários, a resposta é não. ‘A dentadura é uma alternativa ultrapassada. A tecnologia evoluiu muito e tratamentos como implantes dentários são mais eficazes e promovem uma melhor qualidade de vida ao paciente’, explica Dr. Goldmann. De acordo com o profissional, a dentadura pode ocasionar diversos outros problemas bucais, causando mais desconforto do que solução. A capacidade mastigatória, por exemplo, cai cerca de 60% por conta do enfraquecimento dos músculos buco faciais.

Isso se dá por conta da pouca utilização dos músculos e da retração óssea. Com o uso da dentadura, a força aplicada na mastigação é comprometida e pode causar dores, dificuldade de alimentação e até constrangimentos nos pacientes. Por isso, o Dr. Goldmann indica o tratamento com dentadura apenas de maneira provisória.

Custo x Benefício

É verdade que a dentadura tem um custo mais baixo comparado a outras alternativas existentes, como o implante dentário. ‘A dentadura custa, em média, cinco vezes menos do que um implante. Entretanto, o preço é pago com os problemas que ela pode trazer à saúde. Atendo pacientes que trocam a dentadura por implantes, e o comentário recorrente no consultório é que, se soubessem que o implante é tão melhor, teriam colocado antes’, afirma Dr. Goldmann. Apesar dos custos, o profissional ressalta que 98% dos implantes funcionam com precisão e garante que o investimento é mais seguro a longo prazo.

Reversão do quadro de retração óssea

Para quem usa dentadura e já sofre com a retração óssea, existe solução. ‘Nenhum caso é perdido, conseguimos sempre recuperar os pacientes com problemas devido ao uso da dentadura. É possível repor a massa óssea perdida com enxertos de ossos do próprio paciente ou ossos sintéticos. É um tratamento delicado e longo, mas que pode trazer de volta a qualidade de vida do paciente’, aponta.

Alternativas

O Dr Sidnei Goldmann ressalta que existem alternativas com resultados melhores do que a dentadura, além do implante dentário. ‘Hoje em dia, temos no mercado outras opções, como implantes superficiais, que não necessitam de incisões cirúrgicas. Temos também próteses parciais, conhecidas como ‘ponte’, que são boas alternativas para quem não pode arcar com os custos dos implantes tradicionais’, finaliza.

 

(JA, Jul17)