Urologista elenca cinco sintomas que auxiliam os homens a identificar o câncer de próstata. Diagnóstico precoce pode evitar 50% dos casos fatais da doença

Em novembro, muitas pessoas são impactadas por campanhas de conscientização sobre o câncer de próstata. Porém, mesmo com o forte impacto dessas ações, recente pesquisa revela que a população desconhece informações importantes sobre a doença, o que é bastante prejudicial, conforme explica o Urologista do Hospital Santa Catarina, doutor Reinaldo Uemoto: ‘50% dos casos fatais de câncer de próstata podem ser evitados se o tumor for diagnosticado precocemente’.

Os dados são um recorte do ‘Panorama sobre grau de informação, hábitos e atitudes do brasileiro em relação ao câncer’, divulgado em 24 de outubro de 2017 pela Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (Sboc) durante o XX Congresso Brasileiro de Oncologia Clínica. O estudo revela que, embora tema o câncer, o brasileiro carece de informações sobre a doença.

A pesquisa entrevistou 1,5 mil pessoas em todo o País e 44% disseram ter conhecimento ‘mediano’ sobre o câncer, enquanto 31% afirmaram saber pouco sobre a doença. Por outro lado, 26% contaram entender profundamente o assunto. O total ultrapassa os 100% porque, segundo os pesquisadores, os números foram arredondados.

O câncer de próstata aparece como o segundo tipo mais lembrado pela pesquisa (90%), atrás apenas do de mama (94%). Pulmão (90%), pele (89%) e leucemia (87%) completam os cinco tipos mais lembrados.

O médico elenca cinco sintomas que auxiliam os homens a identificar o câncer de próstata e buscar ajuda médica. É importante destacar que, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), esse tipo é responsável por 28,6% dos novos casos anuais de câncer entre os homens:

° Levantar diversas vezes durante a noite para ir ao banheiro

° Insuficiência renal

º Dificuldades para urinar

° Jato urinário fraco

° Dor óssea

O médico ressalta, no entanto, ‘que esses sinais não indicam, necessariamente, que o paciente tenha câncer de próstata, mas mostram que o organismo não está bem e merecem atenção especial. Procurar um médico imediatamente é sempre o mais indicado’.

O exame de próstata é recomendado para homens acima de 50 anos. Entretanto, para alguns grupos de risco, é aconselhado realizá-lo a partir dos 45 anos de idade: aqueles com histórico familiar de câncer, obesos e pacientes negros, que têm maior incidência do que pessoas com a pele branca ou amarela.

 

Texto:  Doutor Reinaldo Uemoto, Urologista do Hospital Santa Catarina | Grupo CDI Comunicação e Marketing

 

(JA, Nov17)